Tag Archives: Esporte

Vereador pede criação de praça em área do Jd. Gonçalves

O vereador Carlos Leite (PT) esteve em um terreno público na lateral da Rua Belmira Loureiro de Almeida, no bairro Jardim Gonçalves, defronte ao número 333, onde a comunidade pede a revitalização da área e a implantação de equipamentos de recreação.

Moradores locais informam que a área está totalmente desocupada há décadas, sendo um excelente local para a prática de esportes e recreação, no caso de implantada uma praça pela Prefeitura.

“Estamos fazendo a solicitação ao Executivo municipal para que a área seja totalmente revitalizada para receber uma bela praça, com todos os equipamentos de recreação necessários para as atividades físicas de crianças, jovens e adultos. Estamos na luta”, diz o vereador Carlos Leite.

WhatsApp-Image-20160615 (2)

Prefeitura deixa de utilizar R$ 2 milhões liberados pelo Governo Federal

A Prefeitura Municipal de Sorocaba ainda não encaminhou o projeto executivo (projeto de engenharia) da Praça da Juventude do bairro Central Parque à Caixa Econômica Federal. Por essa razão, os recursos para a implantação da Praça, apesar de disponibilizados pelo Governo Federal, não estão sendo utilizados, permanecendo a disposição do município.

postar

Essa foi a informação obtida pelo vereador Carlos Leite (PT) e pela ex-deputada federal Iara Bernardi em reunião com a superintendência da Caixa Econômica, realizada na quarta-feira (17), juntamente com o Presidente da Associação de Moradores do bairro Piazza di Roma e Adjacências, Manoel Borges.

Iara é autora da emenda parlamentar no orçamento de 2013, no valor de R$ 2 milhões de reais, para a implantação do equipamento público na Zona Oeste. Segundo a superintendência do banco, a Prefeitura apresentou apenas o projeto inicial até agora, ou seja, apenas uma “intenção” do que seria implantado no local, apesar de o dinheiro já estar empenhado há praticamente dois anos e meio.

Como contrapartida do município, a Prefeitura cedeu um terreno de 10 mil metros quadrados entre as ruas Mário Soave e Érico Veríssimo, além do valor de R$ 160 mil. Mas até agora, nada foi feito, e os moradores continuam à espera da Praça. “”Os moradores sonham com esta Praça que levará esporte, lazer e cultura a todos daquela região. Isso significa mais Educação, Segurança, Saúde e Cultura aos usuários”, disse Iara.

“A demora da Prefeitura em entregar o projeto executivo e começar a obra é simplesmente inexplicável. O dinheiro está disponível, esperando para ser utilizado, mas até agora, nada”, indignou-se o vereador Carlos Leite.

A Praça – O projeto Praça da Juventude foi criado em 2007 com o objetivo de levar equipamentos esportivos públicos de qualidade para a população, além de se tornar um ponto de encontro e referência para a juventude.

Mais que um espaço físico para a prática de esportes, a Praça da Juventude é uma área de convivência comunitária onde são realizadas atividades culturais, de inclusão digital e de lazer para a população de todas as faixas etárias.

Cada unidade do projeto prevê a construção de ginásio poliesportivo com infraestrutura completa, quadra poliesportiva coberta, pista para salto triplo, pista para salto a distância, pista para caminhadas, quadra de vôlei de praia, área de exercícios e alongamento, campo de futebol society, pista para skate, teatro de arena com palco, entre outros.

Esporte amador alternativo entra no foco do Poder Público

Lei do vereador Carlos Leite (PT) visa incentivar esportes como o skate e a caminhada.

O Presidente da Câmara Municipal de Sorocaba, Gervino Cláudio Gonçalves (PR) promulgou, nesta sexta-feira (26), o projeto de lei de autoria do vereador Carlos Leite (PT) que institui o “Programa Municipal de Incentivo ao Esporte Amador Alternativo”, que engloba, dentre outros, o ciclismo, o skate e o slackline. A finalidade do programa, segundo o parlamentar, é garantir apoio do Poder Público para o desenvolvimento de estruturas físicas, ampliação substantiva da segurança dos praticantes, e incentivo a novos ingressantes nas modalidades esportivas. Read more »

Carlos Leite cria “Complexo Descentralizado de Artes, Esportes e Cultura” na zona leste

Projeto prevê desapropriação de espaços privados e reforma completa de espaços públicos, para uso pela comunidade

O vereador Carlos Leite (PT) protocolou projeto de lei criando o Complexo Descentralizado de Artes, Esportes e Cultura “Tupiniquins”, formado pelo “CAERMO – Centro de Atividades Esportivas “Raul Martins de Oliveira”; pela Usina Cultural Ettore Marangoni; pelo Packing House (antigo centro de distribuição de laranjas da cidade), e pelo ramal lesta da linha férrea da cidade, que já foi declarado de utilidade pública para desapropriação, por iniciativa do próprio parlamentar.

Vereador Carlos

Vereador Carlos Leite apresenta Projeto de Lei que beneficiará a Zona Leste e Sorocaba como um todo.

Segundo Carlos Leite, a intenção do projeto de lei é congregar os vários equipamentos públicos (alguns abandonados) e privados de que dispõe a Zona Leste, para formar um único, embora descentralizado, complexo, inspirado no conceito de CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados) do Governo Federal.

“Temos alguns ótimos espaços na Zona Leste, hoje totalmente subutilizados ou mesmo completamente abandonados, que podem e devem ser revertidos para o uso da nossa comunidade. Ao mesmo tempo, a Zona Leste é carente de equipamentos públicos de esporte, arte e cultura. A criação do Complexo Tupiniquins vem suprir uma demanda crescente dos moradores por mais espaços para atividades recreativas e de cultura”, defende o vereador Carlos Leite.

De acordo com o projeto de Leite, cada prédio ou área mencionada como integrante do Complexo, passará pelas reformas e adequações necessárias para serem amplamente utilizadas, com segurança e qualidade, pela comunidade sorocabana, sendo que todas deverão portar uma placa com os dizeres “Espaço integrante do Complexo Descentralizado de Artes, Esportes e Cultura ‘Tupiniquins'”.

Leite também determina em seu projeto que o Poder Público municipal realizará as devidas ações legais, inclusive desapropriações, visando garantir o uso público de cada espaço elencado. “É uma forma de garantir que esses equipamentos não continuem abandonados, sem uso e pior, sendo deteriorados pelo tempo, enquanto nossa comunidade precisa de mais arte, esporte e cultura”, finaliza o parlamentar.

Vereador comemora instalação de academia ao ar livre

O vereador Carlos Leite (PT) visitou as novas instalações da academia ao ar livre implantada essa semana no Jardim Gonçalves, zona Leste de Sorocaba na altura do número 500 da Rua Antônio Fernandes. A obra atendeu a um pedido do parlamentar, feito em 5 de fevereiro de 2013, após reivindicações de moradores locais que reclamavam por não ter um local adequado para a prática de atividades esportivas.

11426423_491473054336865_5516242636783270743_o

“Demorou mas finalmente saiu essa obra, que é um pedido antigo do nosso mandato, que o fez atendendo às demandas da população local por equipamentos básicos para a prática de atividades esportivas. Fico muito feliz com essa conquista”, diz Leite.

Na ocasião da visita, o parlamentar testou vários dos equipamentos, e conversou com moradores que, entusiasmados, visitavam o local. “O resultado da obra é muito positivo. As pessoas estão felizes e reconhecem agora a praça como um local para a prática de atividades físicas, já que no local havia apenas uma pista de caminhada”, afirma o vereador.

O parlamentar continua batalhando para a reforma completa de uma quadra de areia que existe na praça, onde o alambrado está em péssimas condições de conservação e a própria quadra acumula muita água após as chuvas. Leite já fez vários pedidos ao Executivo municipal para melhorar o equipamento público, mas até agora o Prefeito não se sensibilizou com a causa.

Pannunzio ainda não se explicou sobre demora em entrega de CEU

A entrega do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) Laranjeiras ainda continua gerando polêmica na comunidade local e silêncio por parte do Prefeito Antônio Carlos Pannunzio (PSDB). Moradores da região cobram mais celeridade do Poder Executivo para a entrega da unidade. Eles reclamam que ela está praticamente abandonada. Enquanto isso, venceu no último dia 30 o prazo para Pannunzio esclarecer ao vereador Carlos Leite (PT) os motivos da demora para a inauguração da unidade.

Leite foi procurado por moradores do Laranjeiras e adjacências que estavam indignados com a situação da obra pública. O projeto foi iniciado em 12 de agosto de 2013, e tinha a previsão de ser concluído em um ano, com valores estimados de investimento de R$ 3,76 milhões de reais, dos quais R$ 263 mil seriam repassados pelo governo municipal e R$ 3,5 milhões pelo governo federal.

A unidade, que já deveria estar em funcionamento, abrigará pista de skate, cineteatro, praça de esportes e até biblioteca. A última previsão da Prefeitura seria entregar o local à comunidade ainda nesse semestre. O vereador Carlos Leite, por meio de requerimento, aguarda que Pannunzio se manifeste informando quando entregará a unidade, por quais motivos essa entrega está demorando tanto, e pede todas as alterações, aditamentos e ocorrências relacionados ao processo licitatório de implantação da unidade.

“A comunidade do Laranjeiras está aguardando essa unidade há muito mais tempo do que o aceitável. O governo municipal precisa se posicionar sobre isso, tornar claros os problemas que vêm enfrentando, e buscar as soluções mais rápidas para beneficiar os moradores locais com essa obra pública”, declara Carlos Leite.

Aprovado projeto que garante mais segurança e estrutura para o esporte

Iniciativa do vereador Carlos Leite (PT) visa incentivar esportes alternativos na cidade, inclusive o skate e a caminhada.

A Câmara Municipal de Sorocaba aprovou, em segunda discussão na sessão desta terça-feira (05), o projeto de lei de autoria do vereador Carlos Leite (PT) que institui o “Programa Municipal de Incentivo ao Esporte Amador Alternativo”, que engloba, dentre outros, o ciclismo, o skate e o slackline. A finalidade do programa, segundo o parlamentar, é garantir apoio do Poder Público para o desenvolvimento de estruturas físicas, ampliação substantiva da segurança dos praticantes, e incentivo a novos ingressantes nas modalidades esportivas.

Em relação ao ciclismo, ao trote, corrida e caminhada, e ao skate, por exemplo, o projeto garante a constante ronda de Guardas Civis Municipais para garantir a segurança dos praticantes nas pistas de skate e ciclovias, inclusive a implantação de câmeras de segurança em pontos estratégicos, onde a ronda for menos freqüente. Também fazem parte do rol de “esportes alternativos” o jogo de malha, bocha e a patinação.

Projeto que garante mais segurança e estrutura para o esporte volta à discussão

Iniciativa do vereador Carlos Leite (PT) visa incentivar esportes alternativos na cidade, inclusive o skate e a caminhada.

A Câmara Municipal de Sorocaba volta a debater, em segunda discussão na sessão desta terça-feira (05), o projeto de lei de autoria do vereador Carlos Leite (PT) que institui o “Programa Municipal de Incentivo ao Esporte Amador Alternativo”, que engloba, dentre outros, o ciclismo, o skate e o slackline. A finalidade do programa, segundo o parlamentar, é garantir apoio do Poder Público para o desenvolvimento de estruturas físicas, ampliação substantiva da segurança dos praticantes, e incentivo a novos ingressantes nas modalidades esportivas. O projeto é constitucional e foi aprovado por unanimidade na sessão passada.

Slackline_club_2

Em relação ao ciclismo, ao trote, corrida e caminhada, e ao skate, por exemplo, o projeto garante a constante ronda de Guardas Civis Municipais para garantir a segurança dos praticantes nas pistas de skate e ciclovias, inclusive a implantação de câmeras de segurança em pontos estratégicos, onde a ronda for menos freqüente. Também fazem parte do rol de “esportes alternativos” o jogo de malha, bocha e a patinação.

“Temos a intenção de, por um lado, fomentar a prática desses esportes alternativos sendo que alguns são, também, modalidades de mobilidade urbana, em especial o ciclismo e o skatismo. Por outro, temos a intenção de garantir estruturas físicas, segurança pública e educação física para os praticantes desses esportes”, enfatiza o vereador Carlos Leite.

É objetivo do parlamentar “promover orientações educativas para o trânsito (com placas de “respeite o esportista”, faixas, cartazes e blitzen), especialmente nas imediações da malha cicloviária onde o trânsito de veículos é intenso; garantir ampla divulgação das modalidades compreendidas no Programa e locais de prática, bem como seus benefícios para a saúde física e mental; garantir estruturas físicas seguras e adequadas para a prática de cada modalidade, com correta iluminação, ventilação e, quando ao ar livre entre árvores, a poda adequada das mesmas”, dentre outros.

“Buscamos incentivar e popularizar algumas modalidades esportivas que tem sido muito praticadas na cidade, mas sem a devida estrutura física, de segurança, e sem a correta educação dos praticantes, em relação às regras e exigências físicas para a prática”, diz Leite.

Carlos Leite cobra informações sobre Arena Móvel

Para o vereador, a partida não poderia ter sido realizada sem a documentação que garantia a segurança dos espectadores e dos jogadores.

O vereador Carlos Leite (PT) protocolou requerimento nesta quarta-feira (15) questionando a Prefeitura Municipal e a Polícia Militar, sobre a inauguração da Arena Móvel Alavanca em Sorocaba, no último dia 13, quando ocorreu um jogo entre o time Futsal Brasil Kirin e o São Paulo/ São Bernardo. Segundo informações, a partida aconteceu sem a aprovação do Projeto de Brigada de Incêndio e sem o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB).

Ainda segundo informações passadas à população, foi lavrada uma multa por falta desses documentos. Mesmo assim, a partida foi permitida pelas autoridades. “Precisamos saber exatamente quem aplicou a multa, quem pagará a multa, e principalmente, quem foi o responsável por autorizar a abertura de uma estrutura daquela, onde cabem 3.500 pessoas e, nesse caso, não tinha a devida autorização para funcionar”, afirma o vereador Carlos Leite.

A Arena Móvel foi construída no terreno do antigo Matadouro Municipal (Zona Norte), portanto, em local público. “Também queremos saber quais documentos autorizaram a estrutura a receber o nome de uma empresa privada”, diz Leite. O parlamentar também quer que a Prefeitura e o Corpo de Bombeiros se pronunciem sobre a segurança do local. “O Poder Público municipal e estadual tinham o conhecimento da falta de documentação, que atestaria a segurança do local. Será que eles podem garantir, sem esses documentos, a segurança física e psicológica de quem esteve naquela partida? “, questiona.

Na visão de Leite, tanto os jogadores quanto os torcedores correram riscos. Ele pede informações sobre quem é o responsável por toda a estrutura e responderia civil e criminalmente caso um incidente grave acontecesse, bem como quem foi o responsável por autorizar a partida sem que as condições de segurança da estrutura fossem atestadas por meio de laudos técnicos e documentos oficiais.

Na última sessão ordinária da Câmara Municipal, vereadores protestaram por não terem sido convidados para a inauguração da Arena Móvel, quando foram informados de que, na verdade, o local não havia sido “inaugurado oficialmente”, justamente por faltar o AVCB. Leite questiona quando a estrutura será inaugurada de forma oficial.

Vereador Carlos Leite cobra melhorias na praça Dail Gonçalves de Araújo Monteiro

O vereador Carlos Leite (PT) está cobrando melhorias urgentes na quadra de areia do bairro Jardim Gonçalves, na Praça Dail Gonçalves de Araújo Monteiro. Mesmo após pequenas chuvas, o equipamento esportivo fica inutilizável, tamanha a quantidade de água que fica acumulada no centro. Jogadores chegaram a tirar água com baldes para poderem utilizar a quadra, onde a água chega a ficar acumulada por dias.

carlos leite cobra melhorias para praça dail gonçalves, no jardim gonçalves, sorocaba

Carlos Leite pede melhorias no sistema de drenagem, de forma a garantir o pleno e rápido escoamento da água após as chuvas. “Muitas pessoas nos pedem para intervir junto à Prefeitura e pedir as melhorias. Já fizemos isso diversas vezes, mas não obtivemos qualquer ação por parte do Executivo”, diz o vereador. “Por isso agora estamos cobrando que o Prefeito nos diga quanto irá fazer as obras, via requerimento, para prestarmos conta junto à comunidade local”, conclui.

O vereador também havia solicitado as obras por meio de duas indicações. No requerimento, Leite cobra informações sobre quais ações a Prefeitura adotou após receber as indicações, bem como quando realizará as melhorias solicitadas, já que até agora não tomou nenhuma atitude para melhorar o local.

« Older Entries