Monthly Archives: fevereiro 2015

CPI da Dengue investigará epidemia em Sorocaba

Carlos Leite (PT) afirma que número de visitas às residências foi muito menor do que o determinado pelo Ministério da Saúde.

Por iniciativa do vereador Carlos Leite (PT), a Câmara Municipal de Sorocaba instalou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as causas e responsabilidade do surto de dengue em Sorocaba. O documento também foi assinado pelos vereadores Izídio de Brito, Francisco França, José Crespo, Marinho Marte, Antônio Silvano, Hélio Godoy, Rodrigo Manga e Luis Santos.

Carlos Leite discursou em prol da criação da CPI da Dengue, após ele recolher assinaturas necessárias para a abertura das investigações

Carlos Leite discursou em prol da criação da CPI da Dengue, após ele recolher assinaturas necessárias para a abertura das investigações

O Presidente da CPI e o relator ainda serão definidos em reunião a ser realizada pelos vereadores que serão nomeados pelo Presidente da Câmara, Gervino Cláudio Gonçalves.

No requerimento de abertura da CPI da Dengue, Carlos Leite assinala que Sorocaba se enquadra como município “Estrato I” segundo as Diretrizes Nacionais para a Prevenção e Controle de Epidemias de Dengue. Isso porque todos os anos, Sorocaba registra centenas de casos. Segundo as “Diretrizes”, 100% das residências de Sorocaba deveriam ser visitadas bimestralmente pelas equipes da Prefeitura.

“Mas não foi isso o que vimos até hoje. Pelo contrário. Segundo o Portal da Transparência, por exemplo, Sorocaba tinha apenas 14 agentes de Vigilância Sanitária em 2014, e apenas 7 em 2015. Em 2013, eram 124 agentes. Houve uma diminuição dramática da quantidade de profissionais”, contabiliza Leite. Ainda segundo o Portal da Transparência, Sorocaba conta com apenas 5 Agentes Comunitários de Saúde em 2015. Em 2014, eram 9. Já em 2013, eram 83. Read more »

Prefeito ainda não conseguiu explicar causa da epidemia de dengue

Até agora, o Prefeito Antônio Carlos Pannunzio (PSDB) não conseguiu encaminhar ao gabinete do vereador Carlos Leite (PT) a análise formal que o governo municipal fez sobre as causas da epidemia de dengue que se abateu sobre a cidade de Sorocaba e que já soma 4030 casos. O parlamentar cobrou essas informações do Prefeito no dia 05 de fevereiro, por meio do ofício de nº 057/2015.

Além de pedir que a análise fosse remetida ao seu gabinete, no documento o parlamentar também pedia que o Prefeito mobilizasse o Tiro de Guerra de Sorocaba para ajudar nas ações de combate aos focos de dengue do município, e que convidasse “todas as associações de bairro, entidades organizadas da sociedade civil, ONGs, comunidades religiosas, escolas e universidades, bem como outras entidades de boa vontade de nossa cidade” para que empreendessem esforços no sentido de combater a dengue, que se alastra desenfreadamente pelo município.

“Ao que tudo indica, somente campanhas publicitárias, sem buscar o efetivo engajamento pessoal dos cidadãos, pouco, ou muito pouco, adiantarão para solucionar esse grave problema, que assusta a todos nós”, enfatizava ele no texto.

Leia abaixo a íntegra do documento encaminhado ao Prefeito:

Carlos Leite cobra mais agilidade no combate à dengue

Carlos Leite cobra mais agilidade no combate à dengue

Carlos Leite cobra garantia de atendimento a cadeirantes

Denúncias apontam que empresas privadas e mesmo unidades públicas estão descumprindo a legislação municipal.

A Câmara Municipal de Sorocaba aprovou requerimento de autoria do vereador Carlos Leite (PT) sobre a disponibilização de cadeiras de rodas em empresas privadas e prédios públicos, como determina a legislação municipal. Leite quer saber se a Prefeitura tem feito a fiscalização e com qual frequência, uma vez que são várias as denúncias do descumprimento desse dispositivo.

“Temos várias denúncias contra próprios públicos e contra empresas privadas que não disponibilizam a cadeira de rodas para os usuários. Também temos informações de cadeirantes que pediram os equipamentos em centros comerciais, mas foram informados simplesmente de que as cadeiras de rodas estavam em manutenção. Ou seja, não sabemos se eles estão ou não cumprindo a legislação, mas com certeza estão desrespeitando o cidadão”, enfatiza Carlos Leite.

O parlamentar cobra da Prefeitura dados referentes ao número de fiscalizações que foram feitas, quantas multas foram lavradas, e qual o destino dado aos valores arrecadados com elas. “Temos informações, inclusive, de que o próprio Poder Público não está cumprindo com a legislação, o que é inconcebível”, finaliza.

Por falta de tomógrafo, casos de câncer não recebem tratamento

O vereador Carlos Leite (PT) está questionando o Prefeito Antônio Carlos Pannunzio (PSDB), por meio de requerimento que será deliberado nesta terça-feira (24), sobre o funcionamento do tomógrafo da Santa Casa, que se encontra quebrado desde 17 de dezembro do ano passado. Segundo Leite, denúncias dão conta de que pacientes com suspeita de câncer, e até com casos comprovados da doença, não estariam recebendo o devido tratamento, por falta de exames que só podem ser feitos com o tomógrafo.

De acordo com informações passadas pela Santa Casa ao vereador, o equipamento seria consertado no final de janeiro. “Mas pelo que sabemos, ele está quebrado até hoje, e nem sequer há uma previsão para o conserto, cujos custos ficariam perto de R$ 160 mil”, diz o vereador.

Por sua vez, a Santa Casa alega que está buscando recursos para firmar contrato de manutenção do equipamento. “Enquanto isso, temos relatos de pessoas que estão com casos confirmados de câncer e não podem receber o tratamento por falta da tomografia”, diz o vereador, que por meio de 16 questões, quer saber “todos os detalhes dos motivos que levam a Santa Casa a demorar tanto para consertar um equipamento tão fundamental”.

Carlos Leite protesta contra morosidade no combate à dengue

O vereador Carlos Leite (PT) utilizou a tribuna da Câmara Municipal durante a Sessão Ordinária desta quinta-feira (12), para criticar a morosidade do Poder Público municipal no tocante à mobilização popular para combater a dengue em Sorocaba. A Prefeitura estima que, até o inverno, 60 mil sorocabanos podem ser contaminados pela doença.

Segundo Leite, a comunidade deve ser efetivamente engajada no combate ao mosquito e aos focos propagadores do inseto. Isso se faria com comunicados diretos e reuniões em escolas, ONGs, comunidades religiosas, clubes, institutos, dentre outras agremiações de pessoas.

“Se não tivermos um exército contra a dengue, nós vamos perder essa guerra”, discursou o parlamentar, informando que, no último dia 5 de fevereiro, ele protocolou no Gabinete do Prefeito Antônio Carlos Pannunzio (PSDB) um ofício pedindo, inclusive, a convocação do Tiro de Guerra para ajudar nas patrulhas.

Esportes Alternativos: projeto garante segurança e melhorias estruturais

Iniciativa do vereador Carlos Leite (PT) visa incentivar esportes alternativos na cidade, inclusive o skate e a caminhada.

O vereador Carlos Leite (PT) protocolou nesta quinta-feira (12) projeto de lei que institui o “Programa Municipal de Incentivo ao Esporte Amador Alternativo”, que engloba, dentre outros, o ciclismo, o skate e o slackline. A finalidade, segundo o parlamentar, é garantir apoio do Poder Público para o desenvolvimento de estruturas físicas, ampliação substantiva da segurança dos praticantes, e incentivo a novos ingressantes nas modalidades esportivas.

Ciclistas precisam de mais segurança e melhor estrutura das ciclovias.

Ciclistas precisam de mais segurança e melhor estrutura das ciclovias. Imagem do Site Catraca Livre.

Em relação ao ciclismo, ao trote, corrida e caminhada, e ao skate, por exemplo, o projeto garante a constante ronda de Guardas Civis Municipais para garantir a segurança dos praticantes nas pistas de skate e ciclovias, inclusive a implantação de câmeras de segurança em pontos estratégicos, onde a ronda for menos freqüente. Também fazem parte do rol de “esportes alternativos” o jogo de malha, bocha e a patinação.

“Temos a intenção de, por um lado, fomentar a prática desses esportes alternativos sendo que alguns são, também, modalidades de mobilidade urbana, em especial o ciclismo e o skatismo. Por outro, temos a intenção de garantir estruturas físicas, segurança pública e educação física para os praticantes desses esportes”, enfatiza o vereador Carlos Leite.

É objetivo do parlamentar “promover orientações educativas para o trânsito (com placas de “respeite o esportista”, faixas, cartazes e blitzen), especialmente nas imediações da malha cicloviária onde o trânsito de veículos é intenso; garantir ampla divulgação das modalidades compreendidas no Programa e locais de prática, bem como seus benefícios para a saúde física e mental; garantir estruturas físicas seguras e adequadas para a prática de cada modalidade, com correta iluminação, ventilação e, quando ao ar livre entre árvores, a poda adequada das mesmas”, dentre outros.

“Buscamos incentivar e popularizar algumas modalidades esportivas que tem sido muito praticadas na cidade, mas sem a devida estrutura física, de segurança, e sem a correta educação dos praticantes, em relação às regras e exigências físicas para a prática”, diz Leite.

Carlos Leite participa de reunião no Piazza di Roma e debate segurança

O vereador Carlos Leite (PT) participou, na noite de quarta-feira (11), de uma reunião promovida pela Associação de Moradores do Piazza di Roma e Adjacências, presidida pelo Sr. Manoel Borges. Cerca de 40 pessoas estavam presentes.

Na ocasião, foram apresentados os resultados preliminares do projeto “Vizinhança Solidária”, desenvolvido em parceria com a Polícia Militar, para coibir os índices de furtos, roubos e crimes de outra natureza.

Também foram debatidos problemas atuais de Sorocaba, como o avanço incontrolável da Dengue na cidade, as formas como os moradores devem agir para ajudar a combater a doença, e a morosidade da Prefeitura em agir preventivamente, o que acarretou a epidemia.

Na ocasião, o vereador Carlos Leite elogiou o empenho da Associação de Moradores no sentido de engajar as pessoas em atividades cidadãs, acarretando a melhoria de vida dos habitantes da região.

“O projeto Vizinhança Solidária é uma iniciativa pioneira em Sorocaba e que está gerando frutos muito bons. Logo, veremos o projeto espalhado por muitos outros bairros. Parabéns aos idealizadores e àqueles que estão engajados, e contem com meu mandato como um parceiro para ajudar nessa empreitada”, disse o vereador.

Manoel Borges, presidente de Associação de moradores, discursa sobre o projeto Vizinhanca Solidária

Manoel Borges, presidente de Associação de moradores, discursa sobre o projeto Vizinhanca Solidária

Policía Militar esteve presente e falou da segurança pública

Policía Militar esteve presente e falou da segurança pública

Vereador Carlos Leite participa da reunião

Vereador Carlos Leite participa da reunião

Vereador Carlos Leite, sr. Manoel Borges e sua esposa

Vereador Carlos Leite, sr. Manoel Borges e sua esposa

Vereador coleta demandas populares

Vereador coleta demandas populares.

 

Emenda e substitutivo adiam projetos

O projeto de decreto legislativo para tornar de utilidade pública, com a finalidade de desapropriação, o ramal da linha férrea – um trecho de aproximadamente 12 quilômetros de extensão, entre a ponte Francisco Dell”Osso até o bairro Parada do Alto – recebeu uma emenda e foi retirado de votação na sessão ordinária de ontem. A emenda, do mesmo autor da proposta, o vereador Carlos Leite (PT), diz que o imóvel desapropriado pode abrigar um parque linear ou também fazer parte de um circuito de trem turístico.

A proposta original diz que a propriedade, do Grupo de Votorantim, pode ser destinada à implantação de um parque linear com pista de caminhada ou de uma via para a circulação de veículos. Ontem, o vereador Carlos Leite, disse que o ramal está completamente desativado e encontra-se abandonado. “A finalidade é fazer com que este espaço seja transformado em ramal de trem turístico, em ciclovia ou em um parque linear.”

Carlos Leite explicou que entrou com a emenda, já que um grupo organizado que trabalha com a conservação de bondes e de ferrovias o procurou para sugerir que o ramal recebesse um trem turístico.

O parlamentar afirmou que o projeto apenas torna a área de utilidade pública e que a desapropriação vem em seguida por determinação do Executivo. O petista acrescentou que o ramal, que está desativado, tem trazido problemas para os moradores da região. Segundo ele, no local ocorrem atos de vandalismo, bem como é depositado muita sujeira e acúmulo de mato. Read more »

Carlos Leite apoia protesto de educadores contra concurso público

O vereador Carlos Leite (PT) esteve ontem no protesto dos professores e professoras que realizam o concurso público da Prefeitura para Professor PEB I. Cerca de 100 educadores se reuniram na frente do Fórum da cidade, reivindicando o cancelamento do concurso, cujas provas tinham erros grotescos de português e outras falhas, como provas sem lacre, fiscais usando celulares em sala etc.

A realização do concurso foi um caos à parte, gerando um trânsito monstruoso e muitos problemas, com pessoas machucadas e que não conseguiram chegar a tempo (por causa da falha logística da Prefeitura). Além disso, os professores denunciaram a empresa realizadora do concurso ao Ministério Público, por ele estar envolvida nas investigações da máfia dos concursos públicos.

Hoje, os educadores foram buscar o apoio dos vereadores na Câmara. “Eu estou dando todo meu apoio à causa desses trabalhadores da educação, que foram tratados com desdém e falta de respeito pelo Poder Público”, disse Carlos Leite.

10649897_639637396146209_968244829922684885_n 10957747_639637199479562_5192673674489324553_n

Desapropriação de linha férrea volta à pauta

Carlos Leite quer que o ramal da ferrovia que pertence ao grupo Votorantim se torne um parque linear com ciclovia, ou integre o circuito de um trem turístico.

Volta à pauta da Câmara Municipal de Sorocaba como matéria remanescente, a ser discutida nesta terça-feira (10), o projeto de lei e o decreto legislativo que declaram o ramal da linha férrea do Grupo Votorantim como de “utilidade pública”, para fins de desapropriação. Esse ramal da ferrovia corta parte da região Leste de Sorocaba, iniciando no bairro Parada do Alto e seguindo até a ponte Francisco Delosso. Os projetos são de autoria do vereador Carlos Leite (PT). Read more »

« Older Entries